Monday, July 04, 2011

I could write many titles for this post...

Dear Corinne,
This post is dedicated to you.
You showed me a way to express my self trhough the art of scrapbooking and how I changed the way I see a journaling now days.

After knowing your work I can tell you I've changed the way I do srap for my self even though I don't dare to show these kind of LOs for the world I have to tell you, you are the biggest inspiration for me always.

The way you think,the way you express your self and the way you built your pages has always been a big influence on my work.
And I'm thankful for that.
Just know you'll be always an IDOL!

I'll take what I would like to share with the brazilian scrapers in Portuguese if you don't mind.
But mostly I'll be telling them how important is to be real sometimes.
To get out of the confort zone,to dare even if you don't share it online it will only be good for your life and for your soul.

Thank you dearly for leting me use your Work to illustrate this post.
As always you have been so kind and generous with me.
I'm really glad to say that I have a fantastic friend from over seas that rock my world down here in South America.

Bom meninas e meninos vamos comecar?
Primeiro eu queria dizer a todos voces que a Corinne Delis gentilmente deixou que eu usasse os LOs dela pra mostrar a voces como ser real,falar dos seus sentimentos nao tem nada a ver com fazer paginas agressivas,pesadas ou fortes.
Ate podem ser assim mas de qualquer maneira o que vale eh sentir-se confortavel para faze-las.
Nao eh necessario dividir com o mundo esse tipo de LO se voces nao quiserem,e eh exatamente isso que eu faco,guardo essas paginas pra mim.
Mas se vc gosta de dividir isso com o mundo siga em frente e faca graciosamente assim como a Corinne sempre fez.
E foi por causa dela,que mesmo nao fazendo mais scrap infelizmente,que eu mudei minha maneira de pensar quanto ao journaling e quanto a ser verdadeira com aquilo que as vezes eu estou sentindo.
Olha pode ate ser que pra algumas pessoas este post seja desnecessario...mas eu quis mostrar aqui que a gente nao precisa ter tanto medo de fazer scrap falando de coisas que nos deixam tristes,dos nossos medos e insegurancas.
As vezes essa eh a melhor forma de superar um trauma como vamos ver numa das paginas abaixo.

Tambem quero agradecer aqui a querida Cyn que esta semana nos deu uma aula sobre o "scrap da vida real" que eh como eu batizei o meu proximo projeto.
Se deus quiser vou dividir com vcs este projeto assim que eu conseguir colocar no papel tudo o que eu gostaria de divir com vcs la no SD.

Entao Cyn esse post tambem eh dedicado a vc.

Se vcs clicarem nos LOs eles irao aumentar e vcs vao poder ler mais sobre os journalings da Corinne ok?

Comecando com esse LO.
Apesar dela ter feito muitos outros LOs antes deste,foi exatamente com este que eu despertei para o fato do journaling ser tao importante,nao soh pra quem le mas tambem pra nos mesmos.


Aqui ela fala de uma grande perda que ela teve na adolecencia,um ex namoradinho que veio a morrer e que ate hj ela se sente conectada a ele espiritualmente.Eh de chorar de lindo.
Eu lembro bem quando ela postou la no SIS e como ela disse que fez tanto bem a vida dela poder colocar no papel algo que a incomodava.Que a partir do momento que ela traduziu o sentimento dela no papel ela se sentiu livre desse amor e entendeu que agora ele eh um anjo.
Me marcou demais isso tudo.



Nao preciso nem dizer nada neh?Sentimento puro de quem procura a felicidade!


Aumentem e vejam que licao!


Esse eh leve e engracado,mas um tanto agressivo no titulo o que poderia ter causado muito constrangimento a ela especialmente pq o julgamento da cabecinha de noz dos americanos as vezes pode ser cruel.Mas isso nao a impediu de publica-lo no SIS.Foi um sucesso ate pq o SIS era o SIS neh pessoal?
Eu adoro como ela eh direta ainda vou fazer uma pagina com esse titulo!Pq as vezes a gente eh assim mesmo...full of shit!
hahha



Eu tive o privilegio de estar com ela no dia em que ela fez esta pagina,pude ver como ela criava e tudo mais.Estavamos na Holanda numa pensao bed and breakfast para um evento.
Lembro dela me contando que as vezes ela queria voltar a ser crianca e ter como unica preocupacao os bichinhos de pelucia dela e os estudos...
De como ela estava se sentindo sobrecarregada com o problema do filho autista que ela tem,de como as escolas estavam fazendo o menino se sentir ainda pior,do governo que nao a ajudava,da luta diaria de ser mae,mulher,amiga...que ela estava cansada...e que ainda por cima ela tinha sido diagnosticada com DDA ou ADD nao sei...mas ela eh hiper ativa com defict de atencao!
Foi o dia em que nos nos tornamos grandes amigas:)



E esta pagina traduz tudo na vida!
Fala de aceitacao,superacao,conhecimento.
Eh a pagina mais linda do mundo,fora a foto que diz tudo neh?
Entao pessoal era isso que eu hoje queria dividir com voces.
Pensem mais no scrap da vida real por que ele faz tao bem quanto o scrap Pollyana:)
E vamos juntas fazer este projeto.
Quem quer brincar comigo?

xoxo
Luzinha

9 comments:

Regiane said...

Lu, vc disse tudo: As vezes essa é a melhor forma de superar um trauma como vamos ver numa das paginas abaixo.
Entendo a arte exatamente assim, como vc escreveu! Eu já tive esses pudores de se sentir vergonha dos meus sentimentos. Tinha medo de mostrar até pra mim. Mas a partir do momento em que eu vi que o bicho não era tão perigoso assim, me expressar, escrevendo ou fazendo scrap, tem sido minhas terapias.
Eu tô nessa pode contar comigo!!
Bjo!

Cynvilela said...

Ah Lu! Vc não existe querida!!! Nossa, estar em um mesmo texto junto c/ o nome da Corinne, já é p/ desmaiar! Escrito por vc, então é catapluft!!!
Obrigada pela lembrança querida, you rock! And will always be a Star! With or without the SIS!!!
Vamos lá dar uma aula a gente! Já estou louca p/ começar!!!
bjão! Luv you!
Cyn

Cynvilela said...

E esqueci de dizer! Já babei muito em cima desse primeiro lo da Corinne! Os outros não conhecia, mas vou lê-los inteirinhos!!!
xoxo
Cyn

thati penna said...

QUe dia que começa? ahah..a ansiosa..
Me lembro demais dessa pagina do corpo , na epoca foi um auê!!!
Achei lindo o post...isso ainda vai render muito!!

Dilaine de Oliveira said...

Lu, quero participar deste projeto. Desde que o scrap chegou pra mim eu o vejo desta forma. Agora tô numa fase (sei que é só uma fase) que preciso muuuuito desta terapia, e feita junto de pessoas queridas, será muito melhor.
Ah, e que post lindo! Vc é linda!
Beijins,
Dica.

Vera said...

That's life, that's emotion, that's real scrap!
Perfeito!!!!

True Colors said...

... eu simplismente AMEI !!!!
Obrigada por dividir !!
Esse é o tipo de scrap que eu gosto !!! Vida real !!!

Um beijo bem grande e colorido !!
Lu - True Colors

Regiane said...

Oi Lú!
Saudades de ver seus trabalhos sempre inspiradores.
Exatamente isso que tenho buscado desde do nascimento da Mariana. Estou em uma nova fase, o journaling tem sido o ponto principal das minhas páginas, agora o mais importante. Ainda estou descobrindo um caminho novo de criar de forma livre tantos nos sentimentos quanto no uso dos materiais. Tenho pensado muito no título também para ter um sentido real mesmo do que foi vivido.
Eu nunca tinha pensado em fazer uma página que não seja de um momento bom. Não sei se consigo, talvez tenha muita dificuldade.
Foi muito bom rever os LOs da super artista Corinne. Sempre admirei a ousadia dela e sua forma tão incrível de criar e expor seus sentimentos de forma tão bonita.
Adorei ler o texto e saber desse novo projeto.
Um grande beijo!
Regiane

Maria said...

Nossa Lu, que coisa mais linda. Acho que por isso estou meio afastada de fazer LOs; Ando meio down e acabo não querendo fazer um LO triste ou sombrio. Mas gostei da ideia da Corine. Acho que é como uma auto análise que a gente faz. Isso deve fazer m,uito bem porque enxergamos o ´problema de outro ângulo. Acho que vai ser um projeto legal. Vou tentar. Bjus.